Conecte-se conosco
Os Termos e Condições do iTunes podem ser muito mais divertidos do que você pensa

Apple

Os Termos e Condições do iTunes podem ser muito mais divertidos do que você pensa

Fala a verdade, você nunca lê os Termos e Condições. Mas um artista pode mudar esse hábito nos usuários do iTunes. Entenda como

Steve Jobs se funde a Homer SImpson nessa releitura dos Termos e Condições do iTunes

Seja bastante honesto: antes de acessar o iTunes pela primeira vez, você leu os Termos e Condições? Provavelmente você preferiu usar o seu tempo de uma outra maneira. Afinal, são páginas e páginas descrevendo as implicações de um só download. Mas, e se alguém te falasse que você pode saber tudo isso, mas de um modo muito mais agradável?

O artista Robert Sikoryak fez questão de tornar isso realidade. Ele, tradicionalmente, pegava obras literárias clássicas e fazia uma releitura usando personagens de quadrinhos e animações. Para Dostoiévski, por exemplo, usou o estilo e a figura do Batman. Dessa vez, porém, ele quis se arriscar e teve como projeto ilustrar os Termos e Condições do iTunes com desenhos da Cultura Pop.

Graphic novel de Robert Sikoryak

Em vez de simplesmente desenhar usando o estilo de outro ilustrador, Sikoryak emulou cada página aos moldes de um trabalho já existente. As inspirações iam desde “The Amazing Spider-Man” e “Calvin e Haroldo” a “My Little Pony”.

“Eu senti que meu trabalho era um pouco derivativo e eu não queria ser uma versão de segunda categoria do que estava acontecendo nos quadrinhos em outros lugares”, explicou, em entrevista ao New York Times.

Mas, para criar uma linha narrativa, ele usou um personagem facilmente reconhecível: Steve Jobs. O fundador da Apple é o porta-voz dos termos e, a cada página, tem sua personalidade característica traduzida em novos traços.

“Os óculos, o cabelo, a gola alta preta, os jeans e os tênis. Ele tinha um traje tão icônico quanto a blusa amarela com zigzag preto do Charlie Brow ou o símbolo do Batman”

Diferentes representações de Steve Jobs em “Terms and Conditions”

Por que ilustrar os Termos e Condições?

É uma escolha, no mínimo, ousada ilustrar um contrato, como o Termos e Condições. Mas foi justamente essa estranheza que atraiu Robert Sikoryak. “É anti-quadrinhos. Parece contraintuitivo e se é contraintuitivo, provavelmente é interessante de se fazer”, afirmou o artista. 

No entanto, era um projeto despretensioso, sem intenção de alcançar muita atenção do público. O máximo que ele fez foi criar um Tumblr com suas ilustrações, na tentativa de chamar a atenção do diretor de arte da New Yorker, Françoise Mouly. Para ele, vender tudo isso numa graphic novel é um conceito até “bobo”.

“Eu não imaginava que alguém pudesse me pagar por isso”, confessou.

Apesar de usar produtos da Apple, ele não sente que dá para interpretar a graphic novel como uma propaganda da empresa. Ele, na verdade, acredita que fez um registro histórico.

Pouco tempo depois que terminou as ilustrações, a Apple alterou os termos do usuário, migrando do iTunes para o Apple Music. E a mudança afetou também a quantidade de palavras: de 20.669 a empresa reduziu seu contrato para menos de 7.000. 

Da Mulher Maravilha a Garfield

Talvez ele tenha tido o timing errado, mas não dá para negar que o resultado ficou incrível. Confira a seguir algumas das páginas do livro e, finalmente, leia os Termos e Condições do iTunes.

Jornalista apaixonada por séries e cinema | @maricanhisares

Comentários

Mais de Apple

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Subir